Todo mundo sabe que administrar uma empresa não é tarefa fácil. São tantos desafios que, às vezes, temos que nos desdobrar para fechar no azul. Na área médica, não é diferente. Mas há ferramentas que podemos usar para melhorar a gestão de custos em saúde.

Um deles parece óbvio, mas há muitos empreendedores que o subestimam. Falamos do planejamento estratégico, processo fundamental para qualquer negócio. É preciso saber onde se quer chegar, como fazê-lo e conhecer o empreendimento em suas minúcias.

Dessa forma, os gestores podem ter uma visão completa das empresas nas quais atuam, conhecendo a fundo seus pontos positivos e, principalmente, aqueles nos quais devem melhorar. 

Com isso, as tomadas de decisão tornam-se mais eficazes, já que baseados em elementos e dados concretos sobre o negócio, podemos fazer escolhas mais racionais e benéficas para o presente e futuro das empresas.  

Em suma, isso significa alocar a verba disponível nos lugares corretos, cortar custos desnecessários e aprimorar as rotinas de trabalho para poupar tempo e energia valiosos.

A boa notícia é que já existem soluções tecnológicas para te ajudar com isso, e é sobre elas que vamos falar neste artigo. Quer saber mais? Continue com a gente.

A gestão de custos em saúde é uma questão de recursos

“Tempo é dinheiro”. Esse velho ditado popular é mais do que válido para a área da saúde. De fato, no setor, cada segundo gasto em atividades repetitivas pode gerar uma perda significante de receita e credibilidade.

Desde o atendimento do paciente à consulta propriamente dita, existem processos que, quando executados manualmente, podem resultar em erros graves que prejudicam o andamento do trabalho e a lucratividade da empresa. 

Alguns exemplos disso são a confusão de papéis ao ter que fazer uma agenda à mão — o que leva tempo, dificulta a organização e até mesmo o encaixe de clientes — e as possíveis trocas no prontuário de pacientes com quadros clínicos distintos.

Situações como essas minam a imagem do negócio, já que passam a impressão de desorganização, falta de consideração com o cliente e negligência. Além disso, criam um estresse adicional para os profissionais, que se veem em situações constrangedoras.

Para evitar isso, existem algumas medidas simples que podem ser tomadas, como a utilização de prontuários médicos eletrônicos e a realização de agendamentos online.

Essas são funções básicas que a maioria dos softwares médicos oferecem e podem facilitar muito a vida dos profissionais no ambiente hospitalar. 

Mas, como dito anteriormente, a tecnologia também é uma aliada em outras questões ligadas à gestão de custos em saúde. Abaixo, vamos conhecer algumas das mais importantes.

O que um bom software médico pode fazer por você?

As vantagens na utilização de um software médico de gestão são inúmeras e podem otimizar os resultados de uma clínica, laboratório, hospital ou qualquer outro empreendimento do ramo.

Com as tecnologias em plena evolução, temos cada vez mais funções interessantes que, quando utilizadas em conjunto, podem contribuir para uma boa gestão de custos em saúde. 

Entre elas, podemos citar:

  • Agendamento de consultas online;
  • Confirmações de pacientes via e-mail ou SMS;
  • Utilização de prontuários médicos eletrônicos;
  • Cadastros digitais de clientes; 
  • Controle de estoque em tempo real;
  • Centro de gestão de custos;
  • Relatórios gerados automaticamente.

Apesar de, a primeira vista, serem coisas distintas, todas estão interligadas e servem ao mesmo propósito: o crescimento da empresa por meio da otimização de recursos. Vamos dar uma olhada em cada um deles mais a fundo.

Agendamento e confirmações de pacientes online

O agendamento de consultas de pacientes e as confirmações pela internet, por exemplo, ajudam muito a rotina dos profissionais de recepção, já que automatizam tarefas repetitivas e os permitem focar em oferecer um atendimento de qualidade.

Além disso, os custos com telefonia, advindos principalmente de ligações para confirmações, e os problemas com clientes que esquecem os dias de suas consultas diminuem consideravelmente.

Assim, temos um controle maior da agenda, evitando perdas com datas ociosas por cancelamentos inesperados e abrindo espaço para pacientes de última hora.

Prontuários médicos eletrônicos e cadastros digitais de pacientes

Os cadastros digitais e prontuários médicos eletrônicos são boas formas de agilizar o atendimento. 

Com eles, a partir de uma simples busca no sistema, recepcionistas, médicos e médicas não perdem tempo para encontrar todas as informações de seus pacientes. 

Isso agiliza muito o atendimento, o que torna a experiência do cliente mais agradável e prática, já que ninguém gosta de passar horas dentro de um estabelecimento médico.

Outros pontos positivos, mais ligados aos prontuários, são os fatos de que a digitalização ajuda a evitar o uso de fichas em papel, o que pode causar confusões como trocas de diagnósticos, e traz mais segurança para as informações pessoais dos pacientes, já que ficam armazenados online.

Centro de gestão de custos em saúde e controle de estoque

Uma das ferramentas mais interessantes dos softwares médicos é o centro de gestão de custos, onde podemos ver todas as movimentações financeiras da empresa em uma plataforma centralizada.

Ele nos oferece um panorama geral dos nossos gastos por setor, o que gera a possibilidade de alocar os recursos com mais assertividade.

Assim, é possível identificar quais áreas gastam muito desnecessariamente, e quais precisam de um investimento maior para que funcionem com mais excelência.

Além disso, também auxiliam no controle de estoque, com previsão da necessidade compra de insumos e alertas de materiais que não estão sendo utilizados.

Relatório automáticos

Por fim, não podemos deixar de falar de uma vantagem que é imprescindível, principalmente, para um bom planejamento.

Ao utilizar um bom software de gestão, como MDMED, os dados armazenados na plataforma geram diversos relatórios sobre finanças, atendimentos, pacientes e outros.

Com isso, podemos planejar melhor nossa operação para alcançar os resultados desejados pelo empreendimento.

Faça da tecnologia sua próxima parceira

Como você viu até aqui, a tecnologia é uma aliada importante para a gestão de custos em saúde

Com ela, conseguimos eliminar tarefas repetitivas, o que facilita a vida do funcionário, e podemos proporcionar um atendimento mais humanizado e ágil para os nossos clientes.

Ao optar por um software médico de gestão, você moderniza sua empresa e reduz custos financeiros e laborais do seu negócio.

A MDMED oferece uma solução completa que pode te ajudar, nas versões web e desktop, e você pode testá-la gratuitamente para comprovar os benefícios.

Quer saber mais sobre a empresa? Acesse nosso site ou página no Facebook.

Obrigado pela leitura e até a próxima!