O que você precisa saber antes de escolher sistemas para clínica médica?

o que você precisa saber antes de escolher sistemas para clínica médica

Os sistemas para clínica médica não são exatamente uma novidade no mundo da gestão dessa categoria de estabelecimento.

Gradualmente, com a popularização e aumento de tecnologias de informatização, consultórios das mais diversas especialidades migraram de cadernos e agendas de papel para programas de computador, cuja principal função é coletar e armazenar dados cadastrais e médicos de pacientes. 

Com o uso cada vez mais intenso da internet e o surgimento de tecnologias de armazenamento na nuvem, os sistemas médicos se tornam cada dia mais completos e investir em um programa do tipo é primordial. 

Entretanto, com tantas novidades, é preciso analisar bem antes de escolher o sistema de gestão ideal para sua clínica ou consultório.

Afinal, é preciso certificar-se de vários pormenores que, embora pareçam meros detalhes à primeira vista, podem ter um grande impacto no cotidiano dos profissionais e dos pacientes. 

Por isso, para te ajudar a escolher com tranquilidade, separamos uma lista de fatores que devem ser cuidadosamente analisados na hora de optar por um sistema médico e você confere as principais dicas a seguir. 

Variedade de recursos 

Como a principal função de um sistema médico é facilitar e viabilizar a gestão de clínicas e consultórios, podemos definir como regra geral a ideia de que quanto mais completo o software, melhor. 

Por isso, ao analisar qual programa assinar, é preciso verificar em quais áreas o mesmo pode ser utilizado, preferindo aqueles que tenham funcionalidades tanto para dentro, quanto para fora do consultório. 

Afinal, a experiência de um paciente com uma clínica não se restringe ao momento da consulta em si, mas perpassa pelos setores de agendamento, financeiro, entre outros. 

Levando isso em conta, um bom programa médico é capaz de tornar mais eficientes as tarefas realizadas em toda a clínica.

Na recepção, o programa deve viabilizar a marcação de consultas pelos pacientes, com ferramentas que permitam acessar a agenda de forma online, sem a necessidade de ligações telefônicas ou troca de mensagens para concluir o agendamento. 

No setor financeiro, um bom software médico permite a rápida visualização do fluxo de caixa e informações sobre pagamentos e recebimentos recorrentes, bem como repasses de convênios.

É interessante, também, que o sistema ofereça informações precisas sobre a saúde financeira do estabelecimento, com relatórios completos e detalhados. 

Com relação ao atendimento médico em si, o sistema deve oferecer acesso ágil ao prontuário e histórico do paciente, tornando a consulta muito mais dinâmica, personalizada e humanizada. 

Também é relevante que o programa médico permita a inclusão de emendas no prontuário para atualização do quadro clínico e salve todos os dados automaticamente, evitando assim a perda de informações relevantes. 

Mas os cuidados não param por aí! Os melhores softwares de gestão médica também contam com funcionalidades para o pós consulta, como o envio de atestados, laudos, prescrições médicas e solicitação de exames por SMS, assegurando ainda mais conforto e privacidade ao paciente. 

E, por falar em conforto, em tempos em que a telemedicina tem se tornado cada vez mais popular, vale a pena investir em um sistema que conte com plataforma para consultas online, que permita atender pacientes em qualquer situação.

Proteção e privacidade de dados 

Muito além de coletar informações e organizá-las para uma fácil visualização, é preciso que o sistema médico seja capaz de garantir a integridade dos dados dos pacientes contra roubos e acessos indevidos. 

Por isso, antes de fazer a assinatura de um software para clínicas e consultórios, sempre certifique-se de que o programa está de acordo com as diretrizes estabelecidas pelas normas vigentes. 

Para sua segurança – e a de seus pacientes – escolha um sistema adequado à Lei Geral de Proteção de Dados, como o da MDMED, que assegura a inviolabilidade das informações nele contidas. 

Vale ressaltar que o não cumprimento das normas da LGPD pode causar sanções que vão desde advertência até a suspensão de atividades ligadas ao manejo de banco de dados. 

Além disso, quanto tratamos de saúde, o sigilo médico é determinação expressa do Conselho Federal de Medicina (CFM) e o respeito à privacidade dos pacientes deve ser sempre prioridade. 

Reputação e experiência da empresa de sistemas para clínicas médicas 

Assim como os pacientes depositam em seu estabelecimento a confiança em um bom atendimento, marcado pela eficiência e pelo profissionalismo, você também deve contar com uma empresa confiável para a assinatura de um sistema médico. 

A MDMED, que atua desde 1998 na informatização de clínicas e consultórios, é capaz de oferecer não apenas o que há de mais moderno e tecnológico em programas de gestão médica, mas também atendimento impecável e capaz de suprir todas as suas necessidades. 

Por isso, vale a pena contar com especialistas que tenham o mesmo objetivo que você: proporcionar o melhor atendimento, entregando diagnósticos e tratamentos eficientes, fidelizando e conquistando novos pacientes. 

Conte com a MDMED

Agora que você já sabe o que considerar na hora de escolher um sistema para clínica médica, fica fácil entender os motivos que fazem com que o programa médico da MDMED seja o melhor!

Para saber mais sobre as funcionalidades, é só acessar o campo Planos e Recursos em nosso site e, se precisar, conte com nosso atendimento pelo WhatsApp para tirar todas as suas dúvidas. 

Assine o software MDMED e junte-se a milhares de clientes satisfeitos em todo o Brasil. Será um prazer tê-lo conosco! mastergeehafc.com

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.