Software de gestão e inovação na saúde para clínicas

Inovação na saúde: saiba mais sobre o software de gestão para clínicas!

Já pensou em como um software de gestão e inovação na saúde pode contribuir para a sua clínica? Independentemente de qual seja a especialidade que o seu consultório oferece, um sistema médico ajuda a organizar, padronizar e tornar os processos mais produtivos.

Acompanhe neste artigo como esse tipo de tecnologia pode beneficiar a sua clínica!

Quais os benefícios da inovação na saúde?

A inovação em saúde busca adaptar diferentes formas de trabalhar, adotando a tecnologia na rotina de prestação de serviços das clínicas. Essa é uma maneira de melhorar a qualidade do atendimento oferecido ao paciente e de reduzir custos para os consultórios.

Implementar tecnologias na área beneficia tanto os médicos quanto gestores e pacientes. Veja como:

  • promovendo um controle maior de informações;
  • ajudando a tomar decisões;
  • identificando erros na gestão (como desperdícios, falta no estoque, desorganização da agenda de consultas, etc);
  • aumentando a produtividade;
  • diminuindo as despesas;
  • promovendo autonomia no agendamento.

A telemedicina é um exemplo de inovação na saúde

Uma das tecnologias e inovações na saúde adotadas, principalmente em consequência da pandemia de covid-19, foi a telemedicina. Para evitar a aglomeração, foi aprovada a Portaria nº 467 que regulamenta esse meio de atendimento durante esse período de isolamento social. Isso permitiu a teleorientação, o telemonitoramento e a teleconsulta. 

Como a teleconsulta funciona?

Esta inovação na área da saúde só é possível devido à tecnologia das chamadas de vídeo, que são realizadas entre paciente e médico. Tal alternativa serve para que as pessoas não precisem se deslocar até o consultório. 

Pela internet, o profissional da saúde pode fazer o atendimento e diagnosticar o paciente, inclusive emitir as receitas e atualizar o prontuário eletrônico. O monitoramento do quadro clínico pode ser, inclusive, feito com dispositivos que medem a pressão arterial e batimentos cardíacos. 

Em situações mais complexas, o médico deve indicar que o paciente recorra a consulta presencial. 

Um exemplo de especialidade que pode usar a teleconsulta é a psicologia. Muitos recorreram a esse formato para poder realizar os atendimentos e terapia por videochamada. Afinal, a saúde mental das pessoas foi muito afetada com a pandemia, aumentando a ansiedade da população brasileira em 80%, segundo pesquisa da UFRGS.

Conheça o nosso sistema para saber mais informações e os benefícios em inovação na saúde que ele a MDMED traz. Faça um teste gratuito para conferir!

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *