Tecnologia Da Informação Na Saúde — Otimização De Processos E Segurança De Dados

tecnologia da informação na saúde

A tecnologia da informação na saúde já é uma realidade que há muito tempo vem melhorando os resultados em clínicas e consultórios das mais diversas especialidades. No entanto, com a popularização da telemedicina e a instituição da Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil, mais profissionais têm procurado por sistemas médicos que garantam a conformidade com a lei.

Continue lendo o artigo para entender o papel da tecnologia e a gestão de dados na área da saúde.  

 

Função da tecnologia da informação na saúde

​​​​De uma forma ou de outra, o seu consultório ou clínica precisa utilizar a tecnologia da informação na saúde, seja para melhorar o atendimento ao paciente, proteger a segurança dos dados, agilizar os processos internos e burocráticos ou organizar as fichas de pacientes, exames e os agendamentos. 

Além disso, a tecnologia da informação na saúde serve como um apoio à gestão financeira da clínica. 

 

Quais são os benefícios de utilizar a tecnologia da informação na área da saúde?

A tecnologia da informação traz diversos benefícios para as instituições de saúde. Por exemplo, quanto mais precisos são os dados, mais corretos são os diagnósticos. 

Veja mais detalhes sobre esse aspecto, entre outras vantagens abaixo:  

 

Diagnósticos mais precisos

O avanço da medicina caminha junto do desenvolvimento da tecnologia da informação na saúde, isso porque essa inovação permite a realização de exames de imagem, por exemplo, de forma computadorizada, que ajudam a identificar com mais rapidez e exatidão problemas nas estruturas internas do corpo.

 

Segurança das informações

A tecnologia na área da saúde permite a integração de vários dados, facilitando o trabalho dos médicos. Um exemplo disso é o prontuário eletrônico, documento que reúne todo histórico do paciente, os tratamentos, exames, diagnósticos, remédios que foram prescritos, etc. 

Todas essas informações ficam armazenadas de maneira segura na nuvem, ou seja, não correm risco de serem perdidas e ainda permitem que os profissionais acessem os dados rapidamente de forma digital, de onde quer que estejam. 

Isso otimiza muito o trabalho de toda a equipe, pois não há perda de tempo com a procura de documentos, o diagnóstico torna-se mais ágil, entre outros benefícios.  

 

Conformidade com a LGPD

Outro ponto importante do uso da tecnologia da informação na saúde é a preocupação com a LGPD. A lei está em vigor no Brasil desde 2020 e lida com a proteção dos dados pessoais das pessoas. Portanto, se qualquer empresa que lida com essas informações não estiver em conformidade com a legislação, poderá ser multada. 

Para evitar isso, utilize um software médico que tenha a base legal adequada para o tratamento e armazenamento dos dados dos pacientes, como o sistema MDMED. 

Como o seu consultório implementa a tecnologia da informação? Se ainda não estiver utilizando algum meio e agora que viu a sua importância, não deixe de investir nessa inovação. Agende uma demonstração grátis do software da MDMED e conheça como ele pode otimizar os processos na sua clínica! 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *