A atividade dos médicos e de quem atua em clínicas e hospitais requer o máximo zelo e atenção. Os erros devem ser reduzidos a zero para os pacientes ficarem livres de riscos ainda maiores ao buscar soluções para os seus problemas de saúde. Nesse contexto, todas as inovações e tecnologias que ajudam médicos no seu dia a dia são bem-vindas, como é o caso dos sistemas que viabilizam a prescrição digital.

Os erros relacionados a administração de medicamentos estão entre os problemas que mais devem ser evitados nas clínicas. Medicamentos errados ou consumidos na dose inadequada podem provocar reações adversas e, em alguns casos, são letais para os pacientes. Felizmente, a prescrição digital ajuda neste sentido.

Atualmente, as clínicas e consultórios têm à disposição diversos softwares médicos e sistemas online que facilitam essa importante tarefa. Eles permitem a fiscalização em todas as etapas da dispersão de medicamentos. Os melhores sistemas funcionam desde a prescrição do médico, até a aplicação do remédio no paciente. 

A utilização da tecnologia por clínicas médicas otimiza o trabalho e elimina velhos desafios. No caso específico da prescrição eletrônica, as ferramentas evitam muitos erros, por exemplo, que o paciente cometa enganos por não entender a letra do médico na indicação do remédio.

A prescrição digital amparada por lei

E a novidade está amparada pela lei. No final do ano passado, foi aprovado o Projeto de Lei 

10107/2018 - depois transformado na Lei Ordinária 13787/18 - que representa um facilitador da adoção da prescrição eletrônica por clínicas e hospitais. Com a nova lei, após a digitalização, o armazenamento físico dos documentos foi dispensado. 

Como resultado, a tendência é que hospitais e clínicas abandonem os prontuários em papel, migrando definitivamente para a prescrição digital. Além da economia, essa mudança aumenta a segurança em relação aos dados dos pacientes.

Na prática, todas as informações sobre tratamentos passa a ser armazenada em sistemas digitais. Entre os benefícios, muito mais simplicidade no controle dos remédios, redução de erros na prescrição e a certeza de que os protocolos clínicos serão seguidos com exatidão.

O prontuário eletrônico reúne informações clínicas, assistenciais e gerenciais dos atendimentos realizados. Permite a inserção de informações personalizadas durante a consulta e que o médico faça a prescrição, visualize exames e o histórico de atendimento do paciente.

Como funciona a prescrição digital

Em síntese, a prescrição digital consiste na virtualização das receitas médicas, proporcionando redução de custos e de erros humanos. Tudo é feito utilizando computador e assinatura digital. O compartilhamento de informações também é possível com as farmácias graças aos sistemas em nuvem.

A prescrição digital elimina o uso de papel e pode conectar os prontuários eletrônicos ao sistema. Funciona da seguinte forma: com o resultado dos exames em mãos, o médico pode emitir as receitas estando em qualquer local com internet, inclusive fora da clínica.

A prescrição é registrada no sistema em nuvem, facilitando o acesso pelas farmácias quando o paciente vai adquirir seus remédios.

Diferenciais da prescrição digital

Um dos principais diferenciais da prescrição eletrônica é o nível de personalização que essa tecnologia possibilita. Utilizando esse sistema, o prontuário eletrônico pode ser alterado conforme a necessidade percebida em cada atendimento. Na prescrição digital, os profissionais da clínica também podem:

  • Pré-determinar informações e usá-los no dia a dia,
  • Configurar o modelo e alterar o que for preciso,
  • Incluir ou excluir informações,
  • Acessar um cadastro sempre atualizado, com mais de 16 mil medicamentos,
  • Imprimir a receita, com código de barras e ter uma cópia digital, permitindo a consulta pela farmácia ou paciente,
  • Evitar fraudes, pois com o código de barras é impossível a adulteração dos medicamentos prescritos,
  • Permitir que os pacientes possam acessar o valor de mercado dos medicamentos receitados.

Por que as clínicas devem adotar essa ferramenta

Mostramos muitos benefícios da prescrição digital para o dia a dia na clínica até aqui. Você ainda tem dúvidas sobre as vantagens que essa mudança pode trazer para o seu consultório? Então, para finalizar, veja mais detalhes e melhorias que a prescrição digital pode trazer!

Agilizar processos

Através dos sistemas que fazem a prescrição digital, os médicos podem emitir receitas de substâncias controladas e não controladas quando estão no consultório ou em qualquer lugar com acesso a internet. Com isso, as clínicas médicas ganham mais agilidade. Esse benefício também é percebido pelo paciente, que não precisa ir até a clínica pegar a receita.

Reduzir custos e despesas

A redução de despesas, no médio prazo, também é significativa no modelo digital de prescrição. Depois de investir em tecnologia e no sistema para a prescrição digital, o uso de papel para a emissão de receitas é dispensado, gerando redução de custos.

Aumentar a segurança

Por muito tempo, uma série de problemas atrapalhou as prescrições médicas, mas a prescrição digital também aumenta a segurança do paciente. Isso ocorre porque, garantidamente, ele receberá o tratamento adequado, tal qual a indicação médica.

A segurança da prescrição digital, como já foi mencionado, também evita o problema de fraude nas receitas. Nunca mais uma pessoa irá a uma farmácia com um receituário falso a fim de adquirir remédios sem consultar um médico. Além de proteger o paciente, a prescrição eletrônica aumenta a segurança dos profissionais de medicina e farmacêuticos.

Tecnologia a serviço da medicina

São muitas as inovações tecnológicas que beneficiam a medicina. Elas atuam aumentando a precisão dos diagnósticos, avisando o risco iminente de uma doença e otimizando o dia a dia nas clínicas médicas com soluções que tornam o atendimento mais eficiente, humano e livre de erros.

Para além disso, a tecnologia na medicina proporciona qualidade, agilidade, eficiência e segurança, pilares fundamentais para quem lida com vidas e atua na área de saúde. E por aí, um toque de modernidade, com o potencial de elevar a qualidade do atendimento é possível? Esperamos que sim!